Alternativa 104

Candiba Bahia
0:14
  • cover
    Alternativa 104

Chefe da McLaren na Indy fala em “botão de reinício” após guerra interna com O’Ward

 Chefe da McLaren na Indy fala em “botão de reinício” após guerra interna com O’Ward





Pato O’Ward comemora vitória no Alabama com a equipe da McLaren

Pato O’Ward comemora vitória no Alabama com a equipe da McLaren

Foto: Indycar / Grande Prêmio

FÓRMULA INDY AMA O’WARD, E ELE TEM DE AMÁ-LA TAMBÉM

A McLaren conquistou sua primeira vitória na temporada de 2022 da Indy com Pato O’Ward no último final de semana no Alabama. Depois de um começo conturbado, o mexicano admitiu que as negociações de renovação de contrato não estavam caminhando como esperava e que isso acabou afetando seu desempenho nas pistas.

Após o triunfo em Barber, Pato desabafou e afirmou que estava “cansado de ser 11º” e que tinha sido horrível “estar em guerra” com sua equipe. O jovem de 22 anos afirmou que virou a chave na classificação ainda em Long Beach, etapa em que terminou em quinto. O presidente da McLaren na Indy, Taylor Kiel, revelou que este também foi um ponto de mudança para toda a equipe, e elogiou a habilidade de O’Ward para vencer em qualquer tipo de circuito.

“Sempre sinto que podemos vencer. Essa é a beleza de ter Pato pilotando um de nossos carros, é que agora nós já vencemos em um circuito misto, em uma pista de rua e em um oval. No final das contas, acho que temos um piloto que pode competir e vencer em qualquer tipo de circuito. Nós montamos um bom carro. Se viermos preparados e começarmos com pé direito, somos difícil de bater”, ressaltou Kiel em entrevista ao site The Race.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Pato O’Ward está de volta ao caminho certo (Foto: Indycar)

“Acho que, como um grupo inteiro de pessoas, certamente o Pato e toda a nossa equipe, acho que meio que apertamos o botão de reiniciar. Como ele disse, Long Beach foi um catalisador para mostrarmos que podemos desempenhar em alto nível novamente após o ano passado. Eu quero dar a ele as ferramentas para ter sucesso, e o resto depende dele. Ele se aproveita disso”, explicou Taylor.

As duas partes agora tem um acordo encaminhado para a renovação de contrato de O’Ward, e a paz não poderia ter vindo em momento melhor. Entrando no mês de maio, Pato agora pode voltar a sonhar com uma conquista inédita tanto para o piloto quanto para a equipe: as 500 Milhas de Indianápolis.

“É a grande corrida, todo mundo quer ganhar essa. É o prêmio enorme que todo mundo quer ter em seu quarto, olhando para ele, pensando nele. Eu estou animado, nunca participei de uma Indy 500 com um monte de gente [público cheio]. No ano passado havia algumas pessoas, mas neste ano eu acho que vai ser o dobro, ou algo assim. Estou realmente animado para ver isso”, disse o mexicano.

Pato O’Ward durante os primeiros testes para a Indy 500 (Foto: Indycar)

“Não há nada parecido. É simplesmente maluco. Digo a todos que você precisa ir e experienciar pessoalmente para poder entender o que é esse evento. Obviamente, não consigo nem imaginar como seria vencê-lo”, concluiu o piloto da McLaren.

Com a vitória no Alabama, Pato agora ocupa a quinta colocação entre os pilotos com 114 pontos, 30 a menos do que o líder Álex Palou. A Indy retorna no dia 14 de maio, para o GP de Indianápolis 1, que será realizado no circuito misto do Brickyard.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.



Fonte: Terra