Alternativa 104

Candiba Bahia
0:14
  • cover
    Alternativa 104

Monstro de Stranger Things foi feito com efeitos práticos, CG e lubrificante

 Monstro de Stranger Things foi feito com efeitos práticos, CG e lubrificante


O monstro da quarta temporada de Strange Things é bem diferente de seus antecessores Demogorgon e Mind Flayer. O Vecna é uma besta humanoide inspirada nos vilões clássicos dos filmes de terror dos anos 80, como Jason e Freddy Krueger. O monstro é criação do designer de próteses Barrie Gower, que já trabalhou em Game of Thrones, Harry Potter e Chernobyl, e agora faz sua estreia na quarta temporada da série retrô. 

Como a chefe do departamento de maquiagem de Stranger Things, Amy Forsythe, disse ao The Verge, a experiência de Gower adicionou uma dimensão diferente à série. “Efeitos práticos são uma parte importante da nostalgia dos anos 80, e isso estava faltando na nossa série”, ela explicou. “Então, finalmente, ter alguém com a experiência de Barrie entrando para a equipe agora, realmente elevou o programa.”

publicidade

Segundo Gower, o processo de desenvolvimento do monstro começou com imagens conceituais do artista Michael Maher Jr. Um dos principais objetivos da equipe de Stranger Things “era criar o personagem o mais próximo possível de efeito 100% prático”.

Para isso, o designer criou o figurino do Vecna ​​a partir de várias peças diferentes que foram coladas diretamente na pele do ator. Isso dava ao ator mais liberdade de movimento, mas exigia um processo de montagem que levava de 6 a 7 horas de trabalho.

Gower aponta que muitas das técnicas usadas na criação do Vecna já eram usadas nos anos 80, mas que a equipe teve a vantagem de ter acesso a materiais mais modernos. Alguns desses efeitos ajudaram a dar a aparência viscosa ao monstro. As próteses foram pintadas com um acabamento de silicone brilhante, mas só isso não era o suficiente. “No dia [da filmagem] ele tem que estar super viscoso, então usamos produtos como lubrificante K-Y. Também usamos um produto chamado UltraWet, um gel transparente, que passávamos em todo o corpo dele”, disse Gower. “É o tipo de coisa que, no set, se você colocava a mão no ombro dele, você se arrependia porque ficava todo melecado.”

Mas nem tudo são efeitos práticos. Os tentáculos das costas do Vecna, por exemplo, se movem de maneira sobrenatural, e foram feitos pela equipe de CG da série. O nariz do ator também foi removido digitalmente. Mas grande parte do monstro visto na série foi feita pelas equipes de prótese e maquiagem.

“Já trabalhei em projetos onde criamos personagens e, assistindo a série, você pensa ‘Onde está o personagem que fizemos? Ele foi completamente editado!’ Esse não foi o caso [em Stranger Things]. Foi uma ótima colaboração com a equipe de efeitos digitais.”

Leia mais:

Para concluir, Gower acredita que o foco nos efeitos práticos teve um impacto positivo na atuação do elenco. “Do ponto de vista deles, acho que é legal ter algo físico e prático no set com o qual eles podiam interagir”, ele explicou. “Não era um cara em um traje de captura de movimento ou chroma key. O monstro estava lá em carne e osso” e meleca, podemos acrescentar.

Via The Verge

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!





FONTE: OLHAR DIGITAL