Alternativa 104

Candiba Bahia
0:14
  • cover
    Alternativa 104

Patrocinador do Real Madrid chega ao Brasil com suporte às criptomoedas

 Patrocinador do Real Madrid chega ao Brasil com suporte às criptomoedas


Uma marca patrocinadora do Real Madrid Club de Fútbol chega ao Brasil e dando suporte às transações com criptomoedas. Segundo pedido a que o Livecoins teve acesso protocolado no início de maio de 2022, a empresa pertence a Telefónica.

No Brasil, essa empresa já detém a marca da operadora Vivo, também uma das mais conhecidas e utilizadas por brasileiros para serviços de telefonia e internet.

Na Espanha, a Movistar é uma das marcas mais valiosas do país, atrás apenas do Santander e Zara. Ou seja, mais uma gigante empresa pode oferecer seus serviços no país sul-americano.

Marca patrocinadora do Real Madrid pede registro no Brasil com suporte às criptomoedas

Empresa filha da Telefónica, que atua na Espanha, Argentina, Chile e vários outros países latino-americanos, a Movistar é uma grande empresa europeia.

No entanto, a empresa já planeja chegar ao Brasil com sua marca miMovistar. Essa empresa oferece serviços de telefonia, internet e televisão a cabo.

Além disso, a empresa é parceira da Netflix e Diney+ para que seus clientes possam assinar os serviços com desconto. No último dia 5 de maio de 2022, a empresa patrocinadora do Real Madrid na Espanha, clube que ganhou a Champions neste sábado (28), protocolou seu registro de marca no Brasil, dando suporte à tecnologia das criptomoedas.

O pedido tem ainda 90 dias de prazo para contestação a contar da data 24 de maio.

Serviços de câmbio de moedas virtuais; serviços de câmbio de moedas criptográficas; serviços de transação de moedas criptográficas; fornecimento de moedas digitais, moedas virtuais, moedas criptográficas e fichas digitais com base na tecnologia blockchain; câmbio financeiro de moedas virtuais; transferência eletrônica de moedas virtuais; serviços financeiros, em particular, facilitação de transferências eletrônicas de uma moeda virtual para uso pelos membros de uma comunidade on-line através de uma rede global de computadores; processamento de pagamentos eletrônicos com moedas criptográficas; serviços de pagamento por débito e cartão de crédito; processamento eletrônico de pagamentos em moeda; criação de contas de pagamento virtuais.”

Marca miMovistar da Telefónica pede registro de marca com criptomoedas no Brasil
Marca miMovistar, da Telefónica, pede registro de marca com criptomoedas no Brasil

Projeto de regulamentação das criptomoedas no Brasil pode atrair empresas

A redação do Projeto de Lei que tramita no Congresso Nacional chamado “Marco das Criptomoedas” espera que mais empresas cheguem ao Brasil em busca das oportunidades que a aprovação do setor trará.

Dessa forma, a chegada de mais empresas ao país que podem dar suporte às criptomoedas pode aumentar. No caso da Movistar, o portal espanhol El Independiente disse, em março de 2022, que a Telefónica estuda aceitar bitcoin como meio de pagamentos e pode até lançar uma moeda própria.



Fonte: R7