Alternativa 104

Candiba Bahia
0:14
  • cover
    Alternativa 104

Sobe para 33 o número de mortos por chuvas e deslizamentos na região do Recife

 Sobe para 33 o número de mortos por chuvas e deslizamentos na região do Recife





desabrigados por chuvas no recife

desabrigados por chuvas no recife

Foto: Sumaia Villela/Agência Brasil / BBC News Brasil

Nas últimas 24 horas, 28 pessoas morreram na região do Grande Recife devido às fortes chuvas e deslizamentos de terra causados pelas tempestades. O acréscimo soma-se aos outros cinco óbitos ocorridos na última quarta-feira, totalizando 33 vítimas.

Entre a madrugada da última sexta-feira (27/05) e a manhã deste sábado, no Jardim Monteverde, área limítrofe entre o Recife e Jaboatão dos Guararapes e afetada mais gravemente, 19 pessoas faleceram por causa de um deslizamento de barreira. Seis óbitos foram registrados em Camaragibe, dois no Recife e um em Jaboatão dos Guararapes.

A Região Metropolitana do Recife, a Zona da Mata e o Agreste de Pernambuco registraram nas últimas 24 horas precipitações acima de 100 milímetros.

As cidades de Itapissuma e Itaquitinga registraram mais chuva, das 6h da sexta até 6h do sábado, do que o total previsto para todo o mês de maio. Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, São Lourenço da Mata, Igarassu e Abreu e Lima e pelo menos outros 12 municípios registraram precipitações acima de 200 mm nas últimas 24 horas.

O governador Paulo Câmara antecipou a nomeação de 92 novos soldados do Corpo de Bombeiros que iriam tomar posse a partir de 6 de junho, para reforçar o trabalho de socorro às vítimas das chuvas. O governador também solicitou o apoio do Comando Militar do Nordeste com efetivo, embarcações e aeronaves para o serviço de busca e salvamento.

“Mobilizamos todo o efetivo do Corpo de Bombeiros, da Defesa Civil Estadual, da Polícia Militar e da Assistência Social para o suporte aos municípios no atendimento às vítimas das chuvas. Estamos adiantando a nomeação dos novos soldados dos Bombeiros e também solicitei o apoio do Comando Militar do Nordeste”, afirmou o governador, em nota.

Abrigos em Recife

De acordo com informações da Codecipe (Coordenadoria de Defesa Civil do Estado de Pernambuco), 516 pessoas estão desalojadas e 249 pessoas estão desabrigadas. A prefeitura de Recife, capital do estado, abriu escolas e creches para receber as famílias que necessitam. Veja quais são:

– Escola Municipal Célia Arraes (Várzea)

– E.M Diná de Oliveira (Iputinga)

– Creche da Torre (Torre)

– E.M Casarão do Barbalho (Detran)

– Creche Rosa Selvagem (UR-7 Várzea)

– E.M São Cristóvão (Guabiraba)

– E.M Mathias Delgado (Jardim São Paulo)

– E.M Água Fria

– E.M Campina do Barreto

– E.M Marluce Santiago (Passarinho)

– E.M Alto da Bela Vista (Alto da Bela Vista)

– Creche Miguel Arraes (Roda de Fogo)

– Creche Santa Luzia (Torre)

– E.M Paulo VI (Linha do Tiro)

– E.M Maria Sampaio (UR-01, COHAB/Ibura)

– E.M Poeta Paulo Bandeira (UR-02, COHAB/Ibura)

– E.M Bola na Rede (Guabiraba)

– E.M Poeta Joaquim Cardozo (Córrego da Areia)

– E.M André de Mello (Estância)

– E.M Dom Bosco (Jardim São Paulo)

Escolas Estaduais:

– EREM Silva Jardim (Monteiro)

– EREM Jarbas Pernambucano (Cajueiro)

– Escola Estadual Novaes Filho (Vila Arraes, Várzea)

– Escola Estadual Monsenhor Álvaro Negromonte (Totó)

– EREM Lagoa Encantada (COHAB/Ibura)



Fonte: Terra