Alternativa 104

Candiba Bahia
0:14
  • cover
    Alternativa 104

Canet mantém vantagem do TL1 e lidera sexta de treinos da Moto2 na Catalunha

 Canet mantém vantagem do TL1 e lidera sexta de treinos da Moto2 na Catalunha





Aron Canet foi o líder dos treinos de sexta

Aron Canet foi o líder dos treinos de sexta

Foto: Instagram/ @aroncanet44 / Grande Prêmio

MARC MÁRQUEZ TOMA DECISÃO CORAJOSA PARA SALVAR CARREIRA NA MOTOGP

Numa tarde de muito calor em Barcelona, Arón Canet foi o líder da sexta-feira de atividades no GP da Catalunha com o tempo marcado na sessão da manhã: 1min44s450. O piloto espanhol mal apareceu no segundo treino livre, mas ninguém chegou muito perto de destroná-lo de qualquer forma.

Augusto Fernández foi o segundo colocado: 1min44s474, tempo do treino da manhã também. Quem fechou o top-3 foi Jake Dixon, a 0s079 do líder. Sam Lowes e Bo Bendsneyder aparem em quarto e quinto lugares, respectivamente.

WEB STORY

Arón Canet liderou a sexta de treinos (Foto: Aspar)

LADO A LADO

Fecham o top-10: Albert Arenas, Marcel Schrötter, Joe Roberts — líder do TL2 —, Pedro Acosta e Alonso López.

A Moto2 retorna às ações ainda neste sábado (4), com a classificação para o GP da Catalunha, a partir de 10h10 (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades da nona etapa do Mundial de Motovelocidade 2022.

Como foram os primeiros treinos da Moto2 em Barcelona:

Arón Canet foi o mais rápido do primeiro treino livre, com 1min44s450, seguido por Augusto Fernández, Jake Dixon, Sam Lowes e Bo Bendsneyder.

Com um sol escaldante e muito calor, Sam Lowes foi o primeiro marcar tempo na sessão da tarde: 1min45s406. Líder do campeonato, Celestino Vietti apareceu para tomar a ponta com 1min45s177, deixando Lowes atrás por 0s229.

Dixon pulou para a segunda posição em seguida, diminuindo a distância para Vietti. Mas Pedro Acosta, vencedor do último fim de semana, superou as marcas ao anotar 1min44s937. Bendsneyder aparecia 0s194 atrás. Lorenzo Dalla Porta destronou o piloto holandês para ocupar o segundo lugar, só que Bo revidou, voltando à posição.

Acosta era o único na casa dos 1mins44s. Mas quem mantinha a ponta com os tempos combinados ainda era Arón Canet. Companheiro de Acosta, Fernández ia subindo posições. Tirou Bendsneyder do terceiro lugar com 1min45s088.

Zonta van den Goorbergh caiu nos momentos finais (Foto: Reprodução)

Foi durante os minutos finais que Joe Roberts assumiu a primeira posição. E por pouco. Chegou a 1min44s930, a 0s007 de Acosta. Contudo, o espanhol reivindicou sua posição com 1min44s838, mas teve sua volta deletada. Mais pilotos iam voltando para a pista para tentarem melhorar seus tempos.

A segunda queda foi do piloto da moto #37. Fernández ia melhorando seu tempo, quando caiu na curva. Ele levantou sem problemas aparentes. Enquanto isso, Roberts ia diminuindo para 1min44s808, mas ainda a 0s358 do melhor tempo do dia. Baixou mais, 1min44s752, terminando na oitava posição da tabela dos combinados. Canet, portanto, ficou com a liderança do dia.

HOMENAGEM JUSTA OU DESNECESSÁRIA? MOTOGP APOSENTA #46 DE ROSSI EM MUGELLO

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.



Fonte: Terra

AllEscortAllEscort