Alternativa 104

Candiba Bahia
0:14
  • cover
    Alternativa 104

Bourdais e Van der Zande vencem de ponta a ponta em Detroit no IMSA. Derani é punido

 Bourdais e Van der Zande vencem de ponta a ponta em Detroit no IMSA. Derani é punido





Cadillac celebra vitória importante de ponta a ponta em Detroit

Cadillac celebra vitória importante de ponta a ponta em Detroit

Foto: IMSA / Grande Prêmio

BRASILEIROS DA FÓRMULA E BUSCAM RUMO PARA 2023 COM EQUIPES EM MUDANÇA

O IMSA, campeonato de endurance tradicional nos Estados Unidos, chegou à sua sexta etapa da temporada no último sábado (04), com a disputa do GP de Detroit. E o Cadillac #1, pilotado pela dupla Sébastien Bourdais e Renger van der Zande, dominou a disputa do início ao fim para garantir a vitória em Belle Isle. Olivier Jarvis/Tom Blomqvist, da Meyer Shank, e Earl Bamber/Alex Lynn, com o Cadillac #2, completaram o pódio.

Apesar da liderança de ponta a ponta, não foi uma corrida fácil para a dupla da Cadillac. Ao longo da disputa de 100 minutos, a estratégia de Bourdais e Van der Zande era realizar apenas uma parada após largar na pole — e deu certo. O francês liderou a disputa pelos primeiros 50 minutos, até que se dirigiu aos boxes para trocar com o neerlandês.

Van der Zande, então, passou a precisar salvar combustível, o que o fez perder vantagem na ponta e permitiu a aproximação de Oliver Jarvis no Acura #60 da Meyer Shank. Enquanto isso, o brasileiro Pipo Derani apostava na estratégia de duas paradas e ia recuperando terreno, se aproximando do terceiro colocado Earl Bamber quando ainda restavam 25 minutos no relógio.

Bourdais e Van der Zande comemoram vitória em Detroit pelo IMSA (Foto: IMSA)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

No fim, a dupla Bourdais/Van der Zande conseguiu segurar a liderança enquanto uma verdadeira batalha se formou pelos dois outros lugares no pódio. Derani até conseguiu assumir a terceira colocação momentaneamente, mas um toque com o Cadillac de Bamber fez com que o brasileiro terminasse mesmo com o quarto lugar.

Após a corrida, entretanto, a direção de prova desclassificou o Cadillac #31 de Derani e rebaixou a dupla do brasileiro para o último lugar entre os carros de sua classe após o modelo não respeitar o limite mínimo de peso. Assim, a dupla de Pipo com Olivier Pla terminou apenas com o sexto lugar.

Além da vitória de Bourdais e Van der Zande, a pista de Detroit anotou um novo recorde. A corrida deste sábado, com 73 voltas, foi a mais longa da história da pista no IMSA — não à toa, foi também a primeira vez em que uma corrida inteira aconteceu no local sem interrupção por acidentes.

Na classe GTD, a vitória ficou com a dupla formada por Ben Barnicoat e Kyle Kirkwood, que pilotaram o Lexus #17 da Vasser Sullivan até a linha de chegada em 67 voltas. Roman De Angelis/Ross Gunn, com a Aston Martin #27, e Bryan Sellers/Madison Snow, com a BMW #1, completaram o pódio em Belle Isle.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.



Fonte: Terra

AllEscortAllEscort