Alternativa 104

Candiba Bahia
0:14
  • cover
    Alternativa 104

Universidades e institutos federais de ensino em Goiás repudiam bloqueio bilionário de recursos: ‘Põe em risco o funcionamento’ | Goiás

 Universidades e institutos federais de ensino em Goiás repudiam bloqueio bilionário de recursos: ‘Põe em risco o funcionamento’ | Goiás


As universidades e os institutos federais de Goiás publicaram nota de repúdio conjunta sobre o bloqueio de mais de R$ 1 bilhão, no dia 27 de maio, no orçamento de 2022. Segundo o documento, foi reduzido 14,5% dos recursos de cada uma das instituições.

Assinaram o manifesto a Universidade federal de Goiás (UFG), a Universidade Federal de Jataí (UFJ), a Universidade Federal de Catalão (UFCAT), o Instituto Federal de Goiás (IFG) e o Instituto Federal Goiano (IF Goiano).

O g1 entrou em contato com o Ministério de Educação na tarde deste domingo (5) para um posicionamento sobre a redução no orçamento e se há medidas pensadas para evitar que esse bloqueio prejudique o funcionamento das universidades.

“Isso acontece no momento em que há o retorno pleno das atividades presenciais, fato que requer mais investimentos e cuidados com a manutenção dos espaços físicos”, pontuam as universidades e institutos.

De acordo com a nota, o bloqueio compromete o funcionamento das Instituições Federais de Ensino Superior (IFES), ao impossibilitar que elas honrem os “compromissos assumidos e as atividades planejadas, o que torna incerta a conclusão do ano letivo”.

“A situação é grave e põe em risco real o pleno funcionamento das IFES, que desde 2016 vêm sofrendo reduções sucessivas de recursos”, escrevem as instituições.

Prédio do Instituto Federal de Goiás em Goiânia, em Goiás — Foto: Divulgação/IFG

Com o bloqueio, a nota de repúdio ainda aponta que o IFES passa a perder recurso de custeio e de investimento em suas unidades e no Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES). O fundo é responsável por financiar ações de permanência de estudantes em situação de vulnerabilidade econômica e social.

As universidades e institutos ainda consideram o bloqueio como injustificável e pontuam que o ato de reduzir o orçamento das instituições ignora o papel estratégico que elas cumprem para o desenvolvimento do país.

Veja outras notícias da região no g1 Goiás.

VÍDEOS: últimas notícias de Goiás



Fonte G1

AllEscortAllEscort