Alternativa 104

Candiba Bahia
0:14
  • cover
    Alternativa 104

Cigarro eletrônico: especialistas explicam que dentro do dispositivo não há só aroma, ácido e nicotina; entenda | Fantástico

 Cigarro eletrônico: especialistas explicam que dentro do dispositivo não há só aroma, ácido e nicotina; entenda | Fantástico


Na fabricação do cigarro eletrônico, são colocados ácidos para formar sais de nicotina. O principal é o ácido benzoico. Porque assim conseguem administrar doses de nicotina muito mais altas do que aquelas existentes no cigarro comum.

Esses ácidos, quando chegam no pulmão, provocam uma inflamação dos alvéolos. Os alvéolos são saquinhos microscópicos onde o sangue troca gás carbônico por oxigênio. Esse processo inflamatório crônico reduz a capacidade pulmonar, tira o fôlego e aumenta o risco de pneumonias graves.

Usuário de cigarro eletrônico — Foto: Christopher Pike/Reuters

O que tem dentro de um cigarro eletrônico não é só aroma, ácido e nicotina.

“Um estudo recente que eu fiquei assustada, quando eu li, eles descobriram em algumas marcas que foram pegas aleatoriamente nos Estados Unidos, que tinha remédio pra pressão alta, remédio pra controlar batimento cardíaco, remédio pra quem tem epilepsia, quem tem convulsão, tinha antibiótico. Então eu posso dizer pra você que a gente ainda não sabe o que tem lá dentro. E aí, assim, remédio é feito pra você tomar via oral. Alguns pela veia”, explica a pneumologista do InCor Stella Martins.

Veja a reportagem na íntegra:

Cigarros eletrônicos viram moda e provocam epidemia de nicotina entre os jovens

Cigarros eletrônicos viram moda e provocam epidemia de nicotina entre os jovens

O documentário “Cigarro eletrônico: como tudo deu errado“, produzido pelo “New York Times”, conta a história da empresa Juul, que dominou o mercado de cigarros eletrônicos nos Estados Unidos, oferecendo justamente uma alternativa para quem tentava largar o vício. Só que a Juul foi processada e teve que comparecer a uma audiência no Congresso para esclarecer sua participação no que foi chamado de “epidemia de nicotina entre os jovens”. O documentário está disponível no Globoplay.

Ouça os podcasts do Fantástico

O podcast Isso É Fantástico está disponível no G1, Globoplay, Deezer, Spotify, Google Podcasts, Apple Podcasts e Amazon Music trazendo grandes reportagens, investigações e histórias fascinantes em podcast com o selo de jornalismo do Fantástico: profundidade, contexto e informação. Siga, curta ou assine o Isso É Fantástico no seu tocador de podcasts favorito. Todo domingo tem um episódio novo.

O podcast ‘Prazer, Renata’ está disponível no G1, no Globoplay, no Deezer, no Spotify, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, na Amazon Music ou no seu aplicativo favorito. Siga, assine e curta o ‘Prazer, Renata’ na sua plataforma preferida. Toda segunda-feira tem episódio novo.



Fonte G1

AllEscortAllEscort