Alternativa 104

Candiba Bahia
0:14
  • cover
    Alternativa 104

‘É uma mistura de alívio e tristeza’, diz filho sobre identificação do pai morto em barragem da Vale em Brumadinho | Minas Gerais

 ‘É uma mistura de alívio e tristeza’, diz filho sobre identificação do pai morto em barragem da Vale em Brumadinho | Minas Gerais


“A gente fica aliviado, é um alívio porque foram quase quatro anos de espera. É uma mistura de alívio e tristeza, mas é um ciclo que se acaba porque a gente vivia na expectativa”, disse Leo à reportagem.

Olímpio era funcionário terceirizado da mineradora e morava em Caeté, também na Grande BH. Ele deixou a mulher, com quem era casado havia mais de 30 anos, e três filhos.

Leo falou ainda à reportagem que ele, a mãe e os dois irmãos vão ao Instituto Médico-Legal (IML) de Belo Horizonte nesta terça para pegar o laudo de identificação.

A Polícia Civil confirmou a identificação, que se deu por meio de exame de DNA. O corpo foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros em abril deste ano.

Brumadinho: relembre a tragédia e veja como estão as buscas mais de 3 anos depois

Brumadinho: relembre a tragédia e veja como estão as buscas mais de 3 anos depois

O rompimento da barragem, em 25 de janeiro de 2019, deixou 270 pessoas mortas. Quatro continuam desaparecidas após mais de três anos e quatro meses (veja mais abaixo).

Olímpio e mais quatro colegas de trabalho estavam no nono andar da barragem quando a estrutura se rompeu.

Buscas por vítimas de rompimento da barragem da Vale em Brumadinho — Foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação

A Comissão dos Não Encontrados, que representa familiares de vítimas, postou uma mensagem com as “mais sinceras condolências aos familiares” da “joia encontrada”.

Mensagem postada pela Comissão dos Não Encontrados — Foto: Reprodução

  • Cristiane Antunes Campos
  • Maria de Lurdes da Costa Bueno
  • Nathalia de Oliveira Porto Araújo
  • Tiago Tadeu Mendes da Silva

Maria de Lurdes da Costa Bueno, Nathália de Oliveira Porto Araújo, Tiago Tadeu Mendes da Silva e Cristiane Antunes Campos estão entre as 270 pessoas mortas na tragédia, mas ainda não foram encontrados. — Foto: Arquivo pessoal / arquivo g1

Veja os vídeos vistos no g1 Minas na semana:



Fonte G1

AllEscortAllEscort