Alternativa 104

Candiba Bahia
0:14
  • cover
    Alternativa 104

Mulher que morava em um motorhome saiu para fazer orações antes de ser encontrada morta em SC, diz amiga | Santa Catarina

 Mulher que morava em um motorhome saiu para fazer orações antes de ser encontrada morta em SC, diz amiga | Santa Catarina


Antes de ser encontrada morta às margens de um ribeirão em Indaial, no Vale do Itajaí, Ivani Hoeff D’Agostini Costa, de 57 anos, afirmou ao companheiro que sairia sozinha para fazer uma oração. O relato é da amiga Luiza Feitosa, que conversou com o marido da vítima nesta terça (7), e que afirma que a viajante era conhecida por ser religiosa e envolvida em projetos sociais.

Quando percebeu a demora da companheira, segundo Luiza, o marido procurou por ela em uma igreja perto de onde o motorhome estava estacionado, no bairro Warnow Alto. Depois, ele foi até um local onde os dois costumavam passar tempo juntos.

Como não encontrou a esposa, questionou pessoas que passavam pela região, que afirmaram que a viram andando em direção ao Ribeirão Warnow.

“Quando ele chegou, ela já estava caída de bruços”, comenta Luiza. Eles suspeitam que ela tenha perdido os sentido durante a queda.

Segundo a amiga, Ivani tinha problemas de artrose e fez, recentemente, uma cirurgia no joelho. “O equilíbrio provavelmente não estava 100%. Não se sabe se escorregou. Provavelmente passou próximo da beirada e escorregou”, afirma Luiza.

A Polícia Civil aguarda o laudo sobre a causa da morte para dar prosseguimento às investigações. No entanto, segundo o delegado Romildo Parno, não há indícios de crime até o momento.

Veículo usado pelo casal durante as viagens — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Ivani Hoeff D’Agostini morava em motorhome com o companheiro e viajava o Brasil a bordo do veículo. Ela mantinha um canal na internet chamado ‘Motorhome Sabiá’ e compartilhava as viagens que fazia. Na descrição do canal, eles afirmam que a iniciativa nasceu da vontade de sair da zona de conforto com a possibilidade de conhecer novos lugares no Brasil.

Imagem publicada por Ivani em 4 de maio — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Segundo a Polícia Científica, Ivani nasceu em São Jorge D’Oeste, no Paraná. Antes de vir para Santa Catarina, Ivani morava em Rio Brilhante (MS), onde o corpo dela foi sepultado nesta terça. A amiga ainda vive no Mato Grosso do Sul.

A amiga Luiza conta que Ivani, enfermeira aposentada, era conhecida por se envolver em ações sociais. “Era uma pessoa muito bem vista na região por conta desses trabalhos, que ela fez por muitos anos”, comenta.

A decisão de viajar pelo Brasil de motorhome aconteceu depois de voltar de uma viagem a Balneário Camboriú. “Voltou decidida a morar aí [em Santa Catarina]. Conheceu o companheiro numa comunidade de motorhome. Os dois nasceram no mesmo dia e no mesmo mês”, conta.

“Quando ela me falou do motorhome, eu respondi ‘gente, o que é isso? Você deu uma guinada na vida’. E ela falou ‘agora estou vivendo’. Ela sempre viveu em função da família, dos filhos, ela ficou viúva muito cedo, em 2010″, conta.

Segundo Luiza, o casal, que estava junto há cerca de quatro anos, tinha planos de viajar para a Argentina no veículo. Ivani deixa três filhos.

O acidente ocorreu por volta das 12h, no bairro Warnow Alto, próximo da Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Quando os socorristas chegaram, a mulher já estava sem vida. Além dos bombeiros, a Polícia Militar e o Instituto Médico Legal de Perícias (IML) foram acionados.

Na segunda-feira (6), o companheiro dela publicou mais um vídeo no canal confirmando o acidente e lamentando a morte da mulher.

“Luto eterno na minha alma, perdi o mais valioso que já tive na minha vida, minha outra metade, minha eterna companheira, Ivani”, escreveu.

Ivani em foto publicada em 9 de janeiro de 2022 — Foto: Reprodução/Redes Sociais

VÍDEOS: mais assistidos do g1 SC nos últimos 7 dias

Veja mais notícias do estado no g1 SC



Fonte G1

AllEscortAllEscort