Alternativa 104

Candiba Bahia
0:14
  • cover
    Alternativa 104

Iguanas nascem no arquipélago de Galápagos pela primeira vez em dois séculos; veja vídeo | Mundo

 Iguanas nascem no arquipélago de Galápagos pela primeira vez em dois séculos; veja vídeo | Mundo


Pela primeira vez em quase dois séculos, iguanas-amarelas se reproduziram naturalmente na ilha de Santiago, que faz parte do arquipélago de Galápagos, no Equador.

Segundo o anúncio feito pelas autoridades do Parque Nacional de Galápagos na segunda-feira (1°), os animais são descendentes das 3.143 iguanas da espécie Conolophus subcristatus, reintroduzida na ilha em 2019.

“[Encontrar os filhotes] significa que as iguanas da ilha de Santiago estão se reproduzindo com sucesso e estão desempenhando seu papel ecológico correspondente”, afirmou Danny Rueda, diretor da instituição equatoriana.

Charles Darwin, naturalista britânico criador da teoria da evolução, registrou, em 1835, uma grande população de iguanas-amarelas na ilha de Santiago durante sua visita ao arquipélago de Galápagos. Anos depois, entretanto, o cenário já era bem diferente.

Em 1903 e 1906, duas expedições da Academia de Ciências da Califórnia, dos Estados Unidos, visitaram a região, mas os cientistas não encontraram nenhum espécime de C. subcristatus.

A equipe do Parque Nacional de Galápagos mediu e pesou os recém-nascidos antes de marcá-los. Estes procedimentos são importantes para monitar a saúde e o tamanho da população desses animais.

“A descoberta de recém-nascidos não marcados significa que a população está se reproduzindo na natureza. Isso não acontecia desde o final dos anos 1800″, pontuou o cientista Luis Ortiz. “Temos uma estrutura populacional saudável. Machos, fêmeas e recém-nascidos estão distribuídos em uma área de 12 quilômetros por 2 quilômetros.”



Fonte G1