Alternativa 104

Candiba Bahia
0:14
  • cover
    Alternativa 104

Coinbase e BlackRock se unem para levar Bitcoin para grandes investidores

 Coinbase e BlackRock se unem para levar Bitcoin para grandes investidores


Uma das principais corretoras cripto do mundo, a Coinbase, anunciou hoje uma parceria com a BlackRock, a maior empresa de gestão de ativos do planeta, responsável por gerenciar cerca de US$ 8,5 trilhões (R$ 44 trilhões). A informação foi divulgada nesta quinta-feira (4) no blog oficial da exchange de criptomoedas. A cooperação entre as duas organizações planeja facilitar a entrada de investidores institucionais interessados em Bitcoin.



Foto: Reprodução/Unsplash/PiggyBank / Canaltech

Joseph Chalom, chefe global de parcerias estratégicas de ecossistemas da BlackRock, em um comunicado, relatou que os clientes institucionais estão cada vez mais interessados em investir no mercado de ativos digitais. Segundo ele, a organização está focada em como gerenciar com eficiência o ciclo de vida operacional desses ativos.

A BlackRock disponibilizará aos seus clientes uma plataforma de gestão chamada Aladdin, para que eles possam acessar recursos de negociação, custódia, corretagem e relatórios de criptomoedas. A Coinbase participará por meio de uma solução integrada de trading para investidores institucionais, chamada Coinbase Prime.

A Coinbase e a BlackRock vão trabalhar juntas na integração das duas plataformas e gradualmente liberar novas opções de investimento aos clientes.




A parceria entre a Coinbase e a BlackRock vai disponibilizar aos investidores institucionais o acesso direto ao Bitcoin.(Imagem:Reprodução/Pexels/karolinagrabowska)

A parceria entre a Coinbase e a BlackRock vai disponibilizar aos investidores institucionais o acesso direto ao Bitcoin.(Imagem:Reprodução/Pexels/karolinagrabowska)

Foto: Canaltech

“A parceria permitirá que os clientes gerenciem suas exposições de Bitcoin diretamente em seus fluxos de trabalho de gerenciamento e negociação de portfólio existentes.”

Vale destacar que essa notícia foi vista com bastante otimismo pelo mercado. A entrada de investidores institucionais pode amadurecer o mercado, trazendo estabilidade ao preço do Bitcoin e também as criptomoedas em geral.

Empresas do mercado financeiro vão para lançar plataforma cripto

O interesse das grandes empresas do mercado financeiro pelas criptomoedas tem aumentado nos últimos meses. Isso pode ser comprovado pelas diversas iniciativas que estão sendo desenvolvidas por instituições no segmento.

Segundo o Bloomberg, no início do mês de julho a Charles Schwab, Fidelity e Virtu Financial, em parceria com a gigante de fundos Citadel Securities, juntaram forças para lançar uma plataforma especializada em negociação cripto. O empreendimento deve estar disponível até o final do ano ou início de 2023.

Mayura Hooper, porta-voz da empresa multinacional americana de serviços financeiros Charles Schwab, disse que a organização “fez um investimento estratégico passivo e minoritário em um novo empreendimento de ativos digitais”.

Segundo ela, o mercado demostra um interesse significativo pelo setor, por isso a organização tem avançado no investimento em empresas e tecnologias que oferecem acesso às criptomoedas, que seguem regulamentações propostas pelo governo e um ambiente seguro para o investidor.

Mayura também relatou que, por enquanto, a empresa não disponibilizará negociação direta de criptos. Mas quando houver mais clareza regulatória para o setor, a organização considera oferecer acesso direto a essa nova modalidade de investimentos aos seus clientes.

Fonte: Valor

Trending no Canaltech:



Fonte: Terra